Blog

O melhor conteúdo sobre custos e lucratividade

4 vantagens da gestão descentralizada para o negócio

4 vantagens da gestão descentralizada para o negócio

O avanço tecnológico da última década transformou o mercado, que passou a se comportar de maneira muito mais dinâmica. Para garantir a competitividade e sobrevivência dos negócios no meio dessa revolução, muitas empresas decidiram investir em desburocratização e implantação de processos mais ágeis.

O modelo que oferece essa agilidade é a gestão descentralizada que, por meio da flexibilização da tomada de decisão, permite a resolução de problemas em menos tempo e com mais assertividade.

Pensando nos desafios que sua empresa tem pela frente? Conheça as vantagens da gestão descentralizada e como ela pode ajudar você.

Como é a gestão descentralizada?

Nesse modelo de gestão, o processo operacional é menos burocrático e as responsabilidades são distribuídas para níveis hierárquicos mais próximos da área em que a demanda ocorre. Com isso, o poder de decisão fica diluído entre muitas pessoas, proporcionando maior agilidade na resolução dos problemas.

Qual a diferença em relação à gestão centralizada?

Caso você esteja mais familiarizado com a gestão centralizada ─ que concentra as decisões no topo da hierarquia ─ vai perceber que essa é a grande diferença entre esses dois modelos de gestão. O distanciamento entre o núcleo da demanda e o agente com poder de decisão, o que resulta na demora para resolver problemas e uma certa ineficiência em gerir recursos.

Quais as vantagens da gestão descentralizada?

Esse modelo de gestão oferece muitos benefícios, nós listamos a seguir as 4 vantagens mais importantes.

1. Agilidade e eficiência nas decisões

As tomadas de decisão no modelo descentralizado costumam ser mais ágeis e acertadas, pois a equipe envolvida tem maior conhecimento dos processos operacionais e competência para avaliar melhor o impacto no setor.

Os problemas podem ser resolvidos em menos tempo e não precisam envolver a alta hierarquia. Essa autonomia é muito bem-vinda em situações de emergência e não programadas, em que o tempo de resposta é crucial.

2. Liderança democrática

A flexibilização hierárquica na tomada de decisões cria um ambiente de trabalho onde há maior valorização das competências e responsabilidades individuais. Isso se reflete em mais engajamento e disponibilidade dos envolvidos, pois permite que eles se sintam mais valorizados.

A velocidade e assertividade das decisões no modelo de gestão descentralizada costumam ter um impacto positivo na produtividade, dado o alto nível de satisfação dos colaboradores.

3. Menos rotatividade de pessoal

O investimento em aperfeiçoamento e treinamento de pessoal tem um impacto importante nos custos de uma empresa, por isso é importante diminuir a rotatividade de colaboradores por meio do engajamento.

A gestão descentralizada permite a manutenção de uma equipe de profissionais motivada, isso ajuda na retenção de talentos, estimula a formação de líderes e favorece a implantação de um plano de carreira.

4. Reflexos positivos na relação com o cliente

A agilidade e assertividade na resolução das demandas manifestam-se de maneira positiva na relação com os clientes. Diante da percepção de que há uma equipe preparada e pronta para sanar dúvidas e solucionar problemas, o cliente sente-se seguro e bem atendido, tornando-se fiel.

Para implantar uma gestão descentralizada é preciso ter sistemas de gerenciamento eficientes, que possam integrar os setores da empresa, automatizar tarefas e permitir o fácil acesso à informação. Resolvidas as questões técnicas, é necessário modificar a estrutura organizacional e a visão dos colaboradores. Pode parecer muito complexo, mas com informação e um bom planejamento é possível implementar essas mudanças.

Que tal discutir este assunto com amigos e colaboradores para conhecer a opinião deles? Compartilhe este artigo nas suas redes socais!