Blog

The best content on costs and profitability

Big Data: entenda como a análise de dados pode beneficiar sua gestão

Big Data: entenda como a análise de dados pode beneficiar sua gestão

A tecnologia tem avançado a passos largos nos últimos anos. Aliado a isso, a digitalização de quase tudo que existe gera uma infinidade de dados que podem ser extremamente úteis para empresas, mas estão perdidos num mar de informações. Para isso existe o Big Data.

“Os dados são o novo petróleo”, Ajay Banga, CEO global da Mastercard. Essa afirmação do CEO de uma das maiores empresas de pagamentos do mundo mostra o poder dos dados nas economias e a importância de obtê-los e mantê-los de maneira segura. A comparação com o petróleo mostra a sua força, mas também traz à tona uma diferença importante entre o petróleo e os dados: eles são infinitos.

Para entender melhor o poder e o papel dos dados no mundo hoje — e, principalmente, nos negócios —, vamos explicar neste post o que é Big Data, o que as empresas têm a ganhar com ele e como ele pode ser usado no seu negócio. Vamos começar?

O que é Big Data?

O Big Data (“Grandes Dados”, numa tradução literal) tem um significado quase autoexplicativo: uma infinidade de dados. O conceito não é novo e surgiu ainda na década de 1950, quando planilhas com milhares de entradas que precisavam ser analisadas manualmente eram consideradas Big Data.

Hoje, com a Internet das Coisas (IoT), a quantidade de dados gerada e disponíveis a cada minuto é astronômica. Esses dados são ferramentas essenciais para gerar insights de mercado, produto e até compreender melhor o ser humano. Até por isso, novas leis de proteção de dados estão sendo criadas.

Quanto mais dados, mais informações e insights ricos pode-se extrair deles. Porém, isso precisa vir agregado a uma estrutura de análise desses dados. Do contrário, eles continuarão sendo milhões de dados sem valor: é preciso analisá-los.

Quais as vantagens que o Big Data pode trazer para a empresa?

Mas, numa análise mais pragmática, quais são os benefícios reais do Big Data para uma empresa? O que ele pode trazer de valor para o negócio? Bom, o valor dos dados para empresas como Google, Microsoft, Apple e Amazon, com seus milhões de usuários, é fácil de enxergar. Porém, pequenas e médias empresas também podem obter vantagens com ele.

Abaixo, separamos as 3 principais vantagens práticas do Big Data para empresas.

1. Otimização de processos

O Big Data é uma excelente ferramenta para otimizar processos. Com essa abordagem, é possível coletar diversos dados dos processos que sua empresa utiliza (especialmente os operacionais) e otimizá-los para obter melhores resultados e até lucros maiores.

2. Melhoria na tomada de decisões

Tomar decisões em empresas é sempre muito difícil. Isso porque grande parte delas depende de uma análise dos impactos dessas decisões a médio e longo prazo, o que é difícil enxergar.

Com o Big Data, é possível coletar milhões de informações e traçar um comportamento padrão de como uma decisão parecida gerou impactos nos negócios e nos clientes. Dessa forma, é possível trazer probabilidades sobre o que pode dar certo ou errado, tornando a tomada de decisões mais efetiva.

3. Vantagem competitiva

Com processos otimizados, decisões melhores e uma base de dados que pode gerar insights de mercado com maior rapidez, sua empresa passa a ter uma enorme vantagem competitiva frente à concorrência.

Como implementar o Big Data?

Implementar o Big Data não é difícil, mas encontrar o valor nos dados, sim. Por isso, você precisa entender os 3 Vs: volume, variedade e velocidade. Qual o volume de dados que você precisará tratar? Qual a sua variedade e complexidade? Com que velocidade você espera essa coleta e análise?

Tendo os 3 Vs bem definidos, é possível entender melhor qual a solução de tecnologia da informação trará melhores resultados a curto e médio prazo.

Gostou de aprender um pouco mais sobre o Big Data e seus impactos na gestão de empresas? Então compartilhe nas redes sociais!