Segundo o diretor-presidente da BM&F Bovespa, Edemir Pinto, depois do processo de aumento de capital da Petrobrás, que totalizou mais de R$ 120.361 bilhões, a bolsa brasileira se torna a segunda maior do mundo em valor de mercado, com R$ 30,4 bilhões. “Este valor é 25% maior do que a soma das três bolsas que são consideradas as catedrais do capitalismo internacional. São elas a bolsa de Nova York, a bolsa de Londres e a Nasdaq”, disse o executivo.

A BM&F Bovespa utiliza desde 2008 a solução MyABCM para custear seus processos de negócios e serviços, contando com informações detalhadas para uma efetiva Gestão Estratégica de Custos e Performance.