Entender como calcular rentabilidade e lucratividade de um negócio é fundamental para que o administrador visualize claramente a situação financeira da empresa. Comumente, essas duas terminologias são confundidas entre gestores, porém elas representam aspectos distintos da companhia. É preciso saber como aumentar ambas se você deseja garantir o sucesso empresarial.

Se você tem qualquer dúvida sobre o assunto, continue lendo esta publicação. Vamos explicar os conceitos desses termos, sua importância para a empresa, como calculá-los e, no fim, quais as técnicas mais eficazes para aplicá-los. Confira!

Qual a diferença entre os dois conceitos?

Primeiramente, faz-se importante entender que ambos são índices que se relacionam com o lucro líquido da companhia. Por essa razão, são constantemente confundidos.

Entretanto, o resultado demonstra os ganhos sob diferentes perspectivas. Confira o que se deseja alcançar com cada um desses conceitos, a seguir.

Rentabilidade

A rentabilidade é um valor em porcentagem que interliga um investimento inicial e a velocidade do seu retorno financeiro ao negócio.

Dessa forma, se a rentabilidade for baixa, significa que o projeto investido é dispensável para a empresa. Se o seu valor for negativo, está trazendo prejuízos e, por fim, se o seu número for elevado, está sendo bastante benéfico às finanças da empresa.

Lucratividade

Essa medida, também dada em percentual, expõe quanto um negócio efetivamente recebeu em relação a todos os ganhos do empreendimento de forma generalizada.

Enquanto a rentabilidade constata o retorno de um investimento, a lucratividade evidencia tudo o que foi obtido considerando projetos, economias, vendas, receitas e outros elementos do empreendimento.

Qual a importância de entender a diferença entre os conceitos?

Avaliar apenas um desses aspectos trará uma visão embaçada do negócio, passando uma impressão falsa de que ele está bem-sucedido. Dessa forma, o controlador não terá dados reais sobre os ganhos de seu empreendimento, acarretando prejuízos e até a falência dele.

Por exemplo, é possível que você tenha lucratividade elevada, porém por fatores diferentes de um investimento. Dessa forma, você não saberá se o projeto é rentável ou não. Pode ser que ele cause perdas e você não saiba e isso é um desperdício de capital.

Saber como calcular os dois índices garante a apuração correta dos lucros. Isso impacta positivamente na tomada de decisões do empreendimento, pois elas efetivamente proverão o crescimento saudável da companhia.

Como calcular rentabilidade e lucratividade?

Rentabilidade

Esse considera o tempo como uma variável fundamental. Geralmente, ele é feito relacionando o mês e o seu fluxo de caixa correspondente. A outra variável envolvida é o investimento inicial, e a fórmula é dada por:

Rentabilidade = (lucro líquido no período / investimento inicial) x 100%

Assim, considere um negócio que exigiu um investimento inicial de R$400 milhões. Atualmente, o seu fluxo de caixa mensal fica em torno de R$25 milhões. Nesse caso, a rentabilidade mensal é dada por:

Rentabilidade = (25/400) x 100%

Rentabilidade = 6,25%

Um negócio não é rentável quando esse índice é nulo ou quando é negativo, o que indica que o investimento resultou em perdas. Por outro lado, quanto maior for a rentabilidade do negócio, mais rapidamente ocorre o retorno do investimento.

Lucratividade

Para conhecer a lucratividade do negócio, por sua vez, é preciso pensar em termos de faturamento e de lucros líquidos do período a ser analisado. A relação é dada por:

Lucratividade = (lucro líquido / faturamento total) x 100%

Imagine, por exemplo, que, em um ano, a empresa teve faturamento de R$500 milhões. O lucro bruto foi de R$300 milhões e o lucro líquido, de R$200 milhões. Nesse caso, a lucratividade é dada por:

Lucratividade = (200 / 500) x 100%

Lucratividade = 40%

Isso significa que a lucratividade depende muito mais do lucro líquido em si do que do faturamento, já que um faturamento muito elevado associado a um lucro pequeno derruba esse índice.

Para entender, imagine a mesma situação, mas em que o lucro foi de apenas R$100 milhões. Nesse caso, a lucratividade cai pela metade, ainda que o faturamento seja o mesmo.


Como aumentar esses índices?

É possível agir sobre esses índices para colocá-los em patamares mais altos ou que estejam mais adequados ao que a gestão espera.

Elevando a rentabilidade

Essas medidas consistem em realizar novos investimentos cujos retornos possam ser mensurados. Listamos alguns exemplos a seguir.

Segmentar o público

Clientes são o foco de qualquer negócio, pois é a partir deles que você obterá a receita para sustentar seu negócio. Atualmente, os mercados são bastante concorridos. Para garantir que um determinado público sempre adquira produtos de sua marca, você pode desenvolver mercadorias e elaborar um marketing para um perfil bastante específico de consumidor.

Criar técnicas para aumentar produtividade

Sempre há espaço para maximização da produtividade dos colaboradores, seja por meio de troca de materiais, seja pela troca de lugares do pessoal, automação dos processos, entre outros métodos.

Negociar preços com fornecedores

Uma boa negociação pode ser excepcionalmente benéfica para a empresa. Se você tem uma boa relação com um fornecedor confiável, tente negociar preços mais baixos com ele. Por exemplo, você pode ofertar uma fidelização para sempre adquirir sua matéria-prima com ele, em troca de um preço reduzido.

Maximizando a lucratividade

Aqui serão expostas as principais metodologias que aumentam o lucro líquido de forma geral para a companhia, confira.

Reduzir custos operacionais

Essa estratégia aumenta tanto a rentabilidade quanto a lucratividade. Os custos operacionais são aqueles necessários para manter o empreendimento ativo, como salários, energia, etc. Reduzi-los consistirá em um aumento da lucratividade da companhia por meio da redução desses gastos e não aumento da receita.

Implantar melhorias contínuas

São inúmeras estratégias e tecnologias que podem ser aplicadas na empresa: o maior erro de um administrador é não buscar por melhorias continuamente. Os aprimoramentos podem ser uma melhor organização estrutural, a informatização do empreendimento, a utilização de novos índices que auxiliem na tomada de decisões etc.

Com o uso de um software financeiro, os processos ficam mais velozes, precisos e simplificados. Com menos tempo perdido, há mais produtividade, levando a ganhos tanto de rentabilidade quanto de lucratividade.

Rever os preços de vendas

O gosto dos clientes, valores dos produtos, alíquotas dos tributos passam por constantes mutações. Dessa forma, o preço de suas mercadorias ou serviços também deve ser atualizado para acompanhar o mercado.

Dependendo do cenário, os valores de seus produtos poderiam ser maiores, o que geraria mais lucros, como também seria viável reduzir seus preços para ampliar sua rede de clientes. Esse estudo maximizará a lucratividade.

Percebe-se que entender como calcular rentabilidade e lucratividade permite que você tenha uma visão real e transparente do negócio, como também garante uma tomada de decisões mais certeiras e concretas. Após a leitura desta publicação, você sabe exatamente como utilizar esse conhecimento para favorecer o crescimento da empresa.

Gostou do nosso conteúdo? Siga-nos no FacebookLinkedInTwitter e fique por dentro das nossas publicações!