Administrar uma companhia é uma tarefa que exige muito conhecimento, proficiência e dedicação, pois o empresário precisa conhecer inúmeros elementos que exigem um alto grau e especialização para sua correta aplicação. Um importante recurso que altera positivamente o faturamento e a eficiência financeira de uma organização é saber calcular ROI por centro de custo.

Muitos empreendedores e gestores não sabem do que se tratam esses conceitos, mas aqueles que detêm esse conhecimento também dispõem, em suas mãos, das chaves para destacar sua companhia perante os concorrentes e transformá-la em uma líder de mercado. Neste guia, expomos tudo que você precisará saber sobre o assunto, os conceitos de centro de custo e ROI, e como calculá-lo. Acompanhe!

O que é centro de custo?

Centro de custos e lucros consiste em um departamento da empresa com uma autonomia relativa, que tem a sua própria administração financeira, isolando suas receitas e despesas do restante da companhia. Esses segmentos podem ser de administração, vendas, produção, publicidade, financeiro entre outros.

Essa forma de organização permite o recolhimento de dados de cada parte da entidade separadamente. Com essas informações, haverá um melhor controle financeiro para aquele departamento, pois os investimentos e decisões sobre realocações de recursos serão adaptados conforme seja mais benéfico para aquele setor.

Outra vantagem consiste na minimização de falhas no controle de receitas e despesas, pois os custos serão analisados pelos profissionais especializados nas atividades daquele departamento, portanto, eles poderão identificar possíveis reduções nos gastos e aumento de produtividade no local.

O que é ROI?

ROI é uma sigla em inglês que significa Return over Investment ou Retorno sobre Investimento. Como o próprio nome indica, trata-se de uma métrica que aufere o retorno das aplicações realizadas pela companhia, expondo se ela está recebendo lucros ou arcando com prejuízos com cada um de seus investimentos.

O indicador é aplicável a qualquer prática que vise lucro, como treinamento de funcionários, aquisição de ferramentas, adoção de novas estratégias, campanhas de marketing etc. É através do ROI que é possível analisar se o dinheiro está empregado nos investimentos corretos, portanto, ele constitui um instrumento essencial para a tomada de decisões pelos gestores.

Como calcular o ROI?

A fórmula do ROI é simples e envolve poucos fatores, sendo rápida de se computar. Eis a equação a seguir:

ROI = (ganho obtido – custo do investimento) / custo do investimento

O ganho obtido consiste na quantia gerada pelo capital aplicado, enquanto o custo do investimento se perfaz no valor do investimento, incluindo todas as despesas necessárias para fazê-lo. Confira, a seguir, um exemplo meramente ilustrativo de como aplicar essa fórmula na prática:

ROI = (300.000 – 100.000) / 100.000

ROI = 2

Após a realização da conta, multiplica-se o valor por 100 para obter o percentual relativo ao retorno do investimento. Nesse caso, os ganhos foram de 200% sobre o valor inicial.

Como calcular ROI por centro de custo?

Quanto mais segmentado forem os setores empresariais melhor o ROI será aplicado, pois será possível verificar quanto cada investimento, em cada um dos departamentos setoriais, está retornando à companhia. Os gestores identificarão, de forma exata e precisa, onde devem canalizar seus esforços financeiros e cortar as aplicações que causaram prejuízos.

Além disso, pode-se efetuar o cálculo do ROI no centro de custo de forma generalizada. Caso aquele setor esteja gerando prejuízos, os administradores terão que estudar medidas para reverter a situação daquele departamento específico.

Calcular o ROI por centro de custo é um ato essencial para as companhias alcançarem sua meta orçamentária, pois um setor ou parte dele pode estar reduzindo a lucratividade da empresa sem que o controlador tenha ciência desse fato. Porém, após a leitura deste artigo, você sabe como detectar investimentos prejudiciais ou de pequeno retorno de cada centro e será capaz de realocar os recursos de forma que alavanque a sua rentabilidade.

Que tal evitar burocracias e possíveis falhas ao calcular o ROI de cada centro de custo? Entre agora em contato com a MyABCM e solucione seus problemas com os melhores profissionais do mercado!