Quando uma empresa pensa em se modernizar, é natural que venha à mente a adoção de um software de gestão (o Enterprise Resource Planning – ERP). É essencial, porém, ter cuidado na hora de escolhê-lo, para não ter problemas no futuro.

A escolha do sistema, para a gestão de clientes e/ou de empresas, requer uma análise atenta para definir as características que atendem às necessidades da empresa. Separamos algumas dicas para quem quer saber o que deve considerar nesse momento. Confira!

Facilidade

Implantar um software é mais do que simplesmente instalá-lo e usá-lo. Para que atenda às necessidades da empresa, é preciso configurá-lo adequadamente. É importante, portanto, encontrar uma solução que tenha configurações simples.

Assim, além de ser mais adequado à equipe, terá um gerenciamento mais descomplicado. Outra característica importante é a rápida atualização à legislação tributária sempre que necessário. Só assim o empreendimento vai manter a lucratividade, a rentabilidade e a competitividade.

Necessidades da empresa

Nem sempre o que é bom para um empreendimento, serve para outro. Assim, indicações de software podem não ser a melhor opção. As necessidades da organização devem estar em primeiro lugar. O primeiro passo, então, é fazer uma lista com esses requisitos e buscar um sistema que os satisfaça.

Em geral, os sistemas de gestão têm características próprias e a solução adotada provavelmente terá de ser adaptada à empresa. É essencial, portanto, que ela seja flexível e que haja disponibilidade do fornecedor de desenvolver funcionalidades personalizadas para a companhia.

Segurança

É fundamental que as informações estejam seguras. Se o armazenamento for local, a companhia precisa ter servidores próprios e equipe especializada. Caso escolha a nuvem, a organização deve analisar as vantagens e o nível de segurança oferecidos.

Outro aspecto importante no quesito segurança é a rastreabilidade. É ela que vai permitir que os administradores identifiquem quando e quais usuários executaram qual operação. Isso ajuda a garantir a integridade das informações.

Solução móvel

Quando a empresa tem profissionais trabalhando em campo, uma função importante é a mobilidade, que ajuda a agilizar os processos. Assim, os colaboradores podem enviar informações atualizadas que permitam fazer a integração de dados para mantê-los sempre precisos.

Além disso, é importante que a solução assimile facilmente outros aplicativos. Assim, os sistemas poderão compartilhar informações vitais do negócio. Integração e comunicação de dados com clientes, fornecedores e instituições financeiras também são essenciais.

Custo-benefício

É natural que o preço do ERP seja uma preocupação na hora da compra. É importante, porém, avaliar quais benefícios serão trazidos à empresa pela solução. Ele certamente será a principal ferramenta de gestão da organização. Sua implementação, portanto, deve ser encarada como investimento.

Por outro lado, esse custo precisa ser adequado ao orçamento. A companhia deve avaliar, em conjunto com o fornecedor, qual a melhor forma de pagamento.

Pronto! Agora é hora de partir para a ação, fazer o levantamento dos requisitos e encontrar uma ferramenta de gestão que ajude o negócio a se tornar mais competitivo.

E então, já se sente preparado para escolher um software de gestão adequado às necessidades da sua empresa? Assine nossa newsletter e fique sempre bem informado recebendo nossas novidades em primeira mão!