Melhorar os resultados de uma empresa exige análises constantes. Normalmente, os empresários buscam informações fora de seus negócios, em relatórios e consultorias especializadas no mercado em que atuam. Se você também faz isso, está na hora de conhecer o EPM.

Trata-se de um termo em inglês: “Enterprise Performance Management” (EPM) que pode ser traduzido como “Gerenciamento de Desempenho Corporativo”. Seu objetivo é ajudar a companhia a aperfeiçoar seus processos, de modo que ela consiga corrigir erros, aprimorar sua performance e economizar recursos.

Aplicar esse conceito na sua empresa é possível se você utilizar os softwares corretos. Leia este artigo até o final para entender melhor este tema!

Planejamento e execução estratégica

Planejar uma ação exige análise de dados. Isso faz com que gestores estudem os números do mercado ou os resultados da sua empresa. Todavia, os processos do seu negócio produzem uma quantidade gigantesca de informações que não devem ser desperdiçadas.

Ao aplicar o sistema EPM no gerenciamento dessas informações, a empresa consegue organizar esses dados, transformando-os em relatórios que reduzirão a chance de erros na execução de projetos.

Visualização de custos

Você sabe quanto custa cada processo interno? Consegue mensurar as eficiências dessas atividades? Se a resposta para essas perguntas foi “não”, sua empresa precisa começar a usar soluções de EPM.

Vamos a um case: a empresa brasileira Unimed usou o sistema de custos da MyABCM e conseguiu descobrir o quanto cada processo interno exigia de investimento.

De posse desses dados, a companhia poderá tomar decisões mais acertadas para que suas atividades internas contribuam para que o negócio consiga atingir suas metas.

Gestão de clientes

A forma com que as informações dos clientes são organizadas pode dificultar a análise, levando a empresa a ter dificuldades em usar os dados para conseguir ter um panorama.

Isso cria dois graves problemas: o primeiro leva a empresa a desperdiçar dinheiro mantendo uma equipe e um banco de dados ineficiente. O segundo são os riscos que relatórios equivocados podem trazer ao negócio.

Um exemplo: imagine uma empresa com 20 anos de mercado. Ela tem registros de todas as vendas que realizou. Contudo, esse negócio sempre é pego de surpresa por resultados negativos — mesmo quando as vendas batem recordes.

Aplicar a metodologia EPM poderia ajudar essa companhia a colocar as informações para trabalhar a favor do negócio, descobrindo quais etapas do processo de vendas oneram a atividade.

Gestão de riscos empresariais

Todo mundo sabe da importância de ir ao médico e realizar exames pelo menos uma vez ao ano. Esses diagnósticos conseguem evitar que hábitos ruins (como comer muitos doces) se transformem em doenças (como a Diabetes).

Ao mesmo tempo, o empresário precisa constantemente examinar o seu negócio. Percebendo um erro, ele realiza mudanças para evitar um desastre.

Ao adotar um sistema de EPM, esses estudos serão realizados de forma precisa e contínua, dando ao gerente segurança para prosseguir ou interromper uma estratégia.

Como vimos, a metodologia EPM traz inúmeras vantagens a um empreendimento, corrigindo falhas, reduzindo custos e melhorando a performance do negócio.

Dezenas de empresas no mundo todo utilizam as soluções desenvolvidas pela MyABCM. Independentemente do mercado, nossa empresa pode ajudar o seu negócio a melhorar seus resultados. Converse com um dos nossos especialistas e entenda mais sobre as soluções que desenvolvemos.