Blog

The best content on costs and profitability

Fluxo de Caixa negativo: quais as causas e como evitar?

Fluxo de Caixa negativo: quais as causas e como evitar?

Terminar o mês com um saldo negativo é uma situação que todo empreendedor está sujeito a enfrentar, principalmente no começo do negócio, em que há a necessidade de investir em projetos que podem ou não gerar lucro. No entanto, deve-se buscar mecanismos e estratégias para minimizar sua ocorrência na empresa, pois não ter ciência de como lidar com o fluxo de caixa negativo pode acarretar a falência do empreendimento.

Por isso, além de conhecer e dominar os processos de produção e desenvolvimento do negócio, é preciso que os líderes tenham uma gestão planejada sobre o controle financeiro da corporação. Para ajudar você a fazer uma gestão mais eficiente das finanças da empresa, preparamos este artigo contendo os principais erros que causam esse impasse e as formas de evitá-los. Interessou-se pelo assunto? Então continue a leitura e fique por dentro de tudo!

Quais são os principais erros que causam um fluxo de caixa negativo?

Várias operações incorretas dos gestores podem culminar em um saldo negativo e, até mesmo, na falência do negócio, caso não sejam controlados os problemas financeiros da empresa. Confira agora alguns dos principais erros que ocasionam o impasse!

Precificação inadequada

Uma das causas para um fluxo de caixa negativo é a precificação inadequada dos produtos e serviços da corporação. Ao se definir o valor das mercadorias, é preciso levar em consideração todas as despesas para manter a empresa em funcionamento, como salário de funcionários, contas de água e luz etc. Isso permite que os preços estabelecidos sejam condizentes com a realidade e o alcance do negócio.

Falta de controle de gastos

É muito comum haver na empresa vários gastos desnecessários para a manutenção e o crescimento do negócio. Podemos citar, por exemplo, despesas pessoais, investimentos em projetos sem demonstração de retorno, despesas relacionadas à inadimplência etc. Para haver um saldo positivo ao final do mês, é preciso que os gestores criem metas de otimização de processos e trabalhem na redução dessas despesas que não trazem retorno para a organização.

Ausência de planejamento

Outro ponto que contribui para os baixos resultados financeiros ao final do mês é a falta de planejamento. Muitos gestores apenas visam a trazer novos serviços para a empresa e inovar a produção interna, mas acabam não se preocupando com os resultados futuros de cada decisão tomada. Esse fato, posteriormente, é o responsável por ideias e metas fracassadas que elevam as despesas da empresa, deixando o caixa no vermelho.

Uso de recursos que ainda não são reais

Contar com recursos financeiros que ainda não entraram na empresa, como pagamentos de clientes adiados ou previsões de vendas, podem contribuir para que a gestão financeira fique desestabilizada. É preciso que o cálculo do fluxo de caixa seja o mais real possível. Para isso, nunca acrescente nos cálculos valores que ainda não foram recebidos. Isso permitirá que você evite surpresas indesejáveis ao efetuar a soma do fluxo financeiro mensal da empresa.

Como evitar os erros e realizar uma gestão eficiente?

Para manter o saldo mensal do fluxo de caixa sempre positivo, uma dica essencial é realizar o planejamento de todas as ações internas que envolvem custos financeiros. A organização também é a chave para eliminar gastos imprevisíveis e despesas desnecessárias. Por isso, faça sempre a atualização dos seus gastos fixos e procure otimizar todas atividades que são vitais para a empresa, de modo a reduzir os prejuízos nos processos internos da corporação e, dessa forma, aumentar os lucros ao final do mês.

Portanto, essas foram as principais causas do fluxo de caixa negativo e as maneiras de evitá-lo em sua empresa. Percebe-se que, com algumas medidas, é possível reverter a situação financeira da empresa e estimular o crescimento do negócio.

Gostou do artigo e deseja saber mais sobre como realizar uma gestão eficiente em seu empreendimento? Então entre em contato conosco e converse com um de nossos consultores!