A logística exerce um papel de grande importância na gestão empresarial.
Por meio do planejamento, da execução e do controle, a área tem como objetivo otimizar processos e reduzir custos, aumentando a lucratividade. Entretanto, buscar uma logística eficiente implica em alguns custos, que por muitas vezes desmotivam os empresários a investir na área.

Neste artigo, apresentamos a você 6 formas de reduzir custos de logística na sua empresa. Confira!

1. Racionalizar rotas de entrega

Programe rotinas de entrega mais inteligentes, considerando diversas variáveis — como, por exemplo, um fluxo intenso de entregas na mesma região. Essa racionalização permite que a empresa economize, pois auxilia a identificar práticas mais baratas e até mesmo situações com ocorrência de erros e gastos desnecessários.

2. Analisar o desempenho dos seus equipamentos

Principalmente nas etapas de movimentação e armazenagem, são utilizados vários equipamentos, como as empilhadeiras, pallets ou transportadores contínuos. Logo, para reduzir custos de logística, é preciso avaliar constantemente a performance desses aparelhos, a fim de identificar gargalos ou sobrecargas — que encarecem os processos.

3. Escolher o melhor modal

Para optar pelo meio de transporte mais adequado, é necessário levar em conta alguns aspectos como a distância a ser percorrida, o volume das entregas, o preço de cada modal, entre outros. Isso permite a substituição do modal aéreo pelo rodoviário em casos de entregas mais próximas, por exemplo. Além disso, é interessante avaliar os modais alternativos, como motos ou bicicletas. Muitas vezes, eles podem se encaixar melhor no objetivo da entrega.

4. Apostar na tecnologia

Investir em tecnologia só traz bons resultados no longo prazo. Se utilizar terceirização, aposte em se relacionar com empresas que ofereçam soluções de alta tecnologia. Além disso, utilize sistemas no seu próprio negócio. Para o objetivo de reduzir custos de logística, são recomendados softwares para controle de gastos. Essas ações podem, inclusive, melhorar a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos por sua empresa.

5. Utilizar os indicadores de desempenho adequados

Os indicadores de desempenho ou KPIs (Key Performance Indicators) são essenciais em qualquer operação. Para as do setor logístico, não é diferente. No caso, é preciso identificar quais são os pontos que devem ser avaliados e, assim, selecionar o melhor indicador de desempenho a ser utilizado. Com o uso do KPI correto, é possível melhorar a gestão de recursos, diminuir as atividades extras e, consequentemente, reduzir custos de logística.

6. Focar na otimização dos sistemas de armazenagem

Os estoques ainda representam muitos gastos para os gestores. Mais importante do que aumentar o espaço físico do armazém, é utilizá-lo de forma inteligente. Repense o layout, invista em sistemas que ajudam na gestão de estoque e busque alternativas de redução de estoque como a previsão de demanda. Dessa forma, todo o processo de armazenagem pode ser otimizado, reduzindo custos.

O custo logístico é composto pelas atividades de armazenagem, movimentação e distribuição. Esses processos são fundamentais para o bom andamento dos negócios. Por isso, é importante conhecer maneiras de reduzir custos de logística sem comprometer a qualidade dos serviços da empresa. Dessa forma, é possível melhorar não só a rentabilidade, mas também o nível do atendimento prestado ao cliente.