A gestão de custos tornou-se ferramenta indispensável para se chegar a boa rentabilidade. A análise dos custos de uma empresa realizada por método confiável do controle financeiro, é o caminho para manter o lucro.

Empresas em desenvolvimento travam uma batalha tremenda com os números para manter um bom preço de seus produtos, pagar fornecedores e funcionários, e ainda lucrar. E isso se complica ainda mais quando não tem total noção de seus custos operacionais, por exemplo.

Mas, o que é gestão de custos? E como realizar essa gestão de custos em sua empresa? Vamos apresentar essas respostar a seguir.

Gestão de custos – conceitos

De forma objetiva, a gestão de custos é o conjunto de ações estratégicas que uma organização utiliza para administrar suas finanças, a fim de potencializar seus recursos financeiros. Para isso tem discriminado seus custos, e o que é necessário para ter sua margem de lucro.

O grande segredo de uma boa gestão de custos é conhecer a fundo as despesas que a empresa tem na geração de seu produto ou serviço, e claro ter anotado os gastos para mantê-la funcionando. Por isso, muitos consultores iniciam processos de gestão financeira listando os custos fixos e variáveis.

Entenda custo como valor de mercado de um bem ou serviço, calculado a partir do capital e tempo gasto na sua produção e a margem de lucro do seu produtor.

Os custos fixos são os estruturais de uma empresa: energia elétrica, fornecimento de água, folha de pagamento entre outros.

Já os custos variáveis são vinculados a margem de lucro, por exemplo: valor da matéria-prima, tributos, comissões e gratificações para funcionários, etc.

O empreendedor precisa conhecer isso a fundo, seu negócio depende disso. Atualmente muitos empresários recorrem a eficientes sistemas de gestão de recursos, pois conseguem visualizar de forma prática e completa a saúde financeira de sua empresa.

Realizando uma gestão de custos assertiva

É engano pensar que realizar uma gestão de custos é apenas anotar informações no livro caixa, longe disso. Essa gestão é analítica, e serve para projetar novos investimentos que garantirão o futuro da empresa.

Então conhecer os gastos é fundamental, porém, constantemente o empreendedor precisa se perguntar se realmente são necessários, ou como fazer para reduzi-los? Então atrelado a uma gestão de custos, é imprescindível um sistema de gestão empresarial ERP Ter o controle financeiro, incide diretamente na forma que conduz o seu negócio.

Integrar os procedimentos administrativos de uma empresa tornará a gestão de custos bem mais fácil. Associar o trabalho do vendedor com a operação do estoque é hoje essencial para acompanhar os custos de uma empresa. E não é nada de outro mundo, existem ferramentas de gestão empresarial eficazes que auxiliam essa integração, e monitoramento.

As vantagens da gestão de custos

Aumentar lucro e reduzir custos, dois pontos alcançados com o pleno funcionamento de sua gestão. E como isso é possível? Ora, conhecendo as atividades que mais são sugam recursos de uma empresa, que tal propor projeto para otimiza-las?

Através dos números mostrados num software de gestão de custos, por exemplo, terá os dados do maior vilão dos gastos em sua empresa, e combate-lo é o que proporcionar o aumento no faturamento. Além disso a análise de custo oferece:

– Entendimento do mercado – como tem girado os valores de produtos e serviços na concorrência

– Hábitos dos clientes – conhecer o ritmo no qual seus clientes compram, e o que compram; ajudará a montar uma estratégia de venda mais competitiva

– Criar cenários – a empresa poderá comparar os meses, e projetar cenários para o ano seguinte, por exemplo

– Domínio contábil – não haverá erros no momento de fechar o ano fiscal da empresa, pois os números são acompanhados durante todo período

Gestão de custos – decisão certa

Controle do negócio acima de tudo, é o que o empreendedor terá quando investe numa gestão de custos. Informação é a base do mundo empresarial atualmente, e não conhecer a própria empresa compromete o sucesso.

Utilizar-se de ferramentas de gestão de custos e gestão empresarial, por exemplo, serão medidas mais que positivas a serem tomadas. Mostra a necessidade de compreender melhor o funcionamento do negócio, e o que esperar do futuro. Portanto, montar a melhor estratégia para gerir as finanças de sua empresa dará novo fôlego, e mais espaço no mercado.

 

Escrito por – Gabriela (GestãoClick)