Blog

O melhor conteúdo sobre custos e lucratividade

Como a gestão de riscos pode ajudar a reduzir custos empresariais

Como a gestão de riscos pode ajudar a reduzir custos empresariais

Em um empreendimento, a exposição a riscos é constante, e eles podem gerar impactos positivos ou negativos para o negócio. Dessa forma, a gestão de riscos visa a identificar, a estudar, a administrar e a gerenciar os riscos existentes na empresa a fim de minimizá-los, caso sejam ruins para a organização, ou planejar ações e projetos para aumentar a sua probabilidade de ocorrência, caso sejam produtivos para a corporação.

Mesmo sendo um ponto que pode proporcionar grandes vantagens para o negócio, como a redução de custos internos, muitos empreendedores não investem nessa área por não terem conhecimento sobre o tema. Com a intenção de auxiliá-lo, trazemos este artigo que trata das principais informações acerca da questão. Continue a leitura e aprofunde seus conhecimentos!

Qual a importância de aplicar a gestão de riscos na empresa?

Investir na gestão de riscos na sua empresa é uma das melhores formas de obter crescimento no negócio. Isso porque esse gerenciamento contribui para otimizar os processos internos de modo a aumentar os resultados que geram produtividade para a corporação, bem como diminuir os erros e riscos negativos nas atividades. Com isso, é possível elevar a lucratividade, uma vez que os serviços são executados com um maior controle e mais eficiência.

Quais são os riscos mais comuns para a empresa?

Existem alguns ricos que independem da área de atuação da empresa. Entre eles, pode ser citada a perda de estoque, que é ocasionada por problemas de armazenamento, falhas de manuseio ou descontrole de validade da mercadoria.

Há também a perda de receita provocada por falhas no atendimento ao cliente, a logística ineficiente e o excesso de burocracia. Além disso, são comuns também os riscos ligados à perda de informação, à fraude de funcionários ou de pessoas externas e a multas e sanções legais.

Como aplicar a gestão de riscos?

Para aplicar uma gestão de riscos de forma eficiente, é preciso inicialmente realizar a identificação dos possíveis riscos de uma atividade, de um projeto ou de um processo trabalhado na empresa. Para isso, a reunião com profissionais da área, como também o uso de técnicas de identificação de problemas, como o brainstorming, pode contribuir muito.

Logo após a identificação do risco, é necessário fazer uma análise quantitativa e qualitativa. Nesse momento, o que se prioriza é compreender a importância daquele risco para a empresa, bem como o seu potencial de impacto na corporação.

Depois desse estudo, os gestores devem elaborar um planejamento estratégico de resposta para minimizar os fatores negativos ou até mesmo eliminá-los. Como última etapa, os gestores devem monitorar como as ações de controle de risco estão se comportando e se há a possibilidade de surgirem novos riscos no processo.

Como essa gestão ajuda a reduzir custos no negócio?

Vários riscos corridos pela empresa podem acarretar danos financeiros graves que prejudicarão o crescimento do negócio. Dessa forma, ao instituir uma gestão de riscos, é possível controlar os impactos desfavoráveis à corporação, diminuindo os gastos com possíveis problemas em projetos, atividades internas e metas de desenvolvimento. Além disso, para os riscos que representam resultados positivos, é viável mobilizar esforços para aumentar a probabilidade de ocorrência.

Portanto, essas foram as principais informações sobre a gestão de riscos e seus impactos na sua empresa. Vale ressaltar que, ao investir nessa área, o empreendimento multiplica as suas chances de se dar bem no mercado e alcançar o sucesso empresarial.

Gostou do artigo? Então, confira também nosso post sobre as 4 práticas para aumentar a segurança de dados em sua empresa e saiba ainda mais sobre o assunto.