Os dados são preocupantes. De acordo com diversas pesquisas, 6 em cada 10 empresas fecham as portas antes de completarem cinco anos em operação.

O motivo, de acordo com a análise de muitas instituições, é a falta de planejamento financeiro por parte dos gestores.

A gestão financeira de um negócio deve ser tratada com toda seriedade. Por sinal, os esforços nesse sentido não só evitam o fechamento precoce do negócio como também garantem a sua produtividade no longo prazo.

Ainda não está convencido? Então continue a leitura deste post e confira, logo a seguir, os principais motivos para você começar a se preocupar agora mesmo com a gestão financeira do seu negócio!

Invista na sustentabilidade da empresa

Não é segredo para ninguém que a imprevisibilidade de receitas e despesas é o caminho certo para as dívidas. Acontece que, quando o gestor adota uma gestão reativa, apenas apagando os incêndios quando eles surgem, acaba contraindo as dívidas por não prever as suas necessidades de caixa ou de estoques.

O monitoramento constante dos fluxos de caixa e a manutenção do capital de giro, práticas comuns na gestão financeira eficiente, podem ajudá-lo a diminuir a imprevisibilidade e fazer com que crie as bases para a sustentabilidade no longo prazo.

Melhore a tomada de decisão

Será que devo fazer um investimento? Devo pegar um empréstimo? Procurar um sócio? Investidores? Essas perguntas são recorrentes em qualquer empresa, no entanto, se o gestor não conhece a realidade financeira do negócio, acaba tomando a decisão errada — o que pode levá-lo a participar das estatísticas negativas mencionadas anteriormente.

Quando controla os seus gastos e sabe exatamente quais são as receitas, o gestor pode tomar uma decisão consciente, pautada em informações e não na sua intuição, que em muitos casos pode estar equivocada.

Aprimore a gestão tributária

A carga tributária nunca é amigável para os empreendedores, afinal, além dos próprios tributos, ainda existe a burocracia para o próprio pagamento dessas taxas. Se o gestor não administra suas finanças com cuidado, esses problemas podem se intensificar ainda mais.

Acontece que sem uma boa gestão tributária o gestor acaba pagando mais tributos do que o normal e, em consequência disso, paga multas por fazer cálculos incorretos dos impostos a serem pagos. O resultado são desperdícios desnecessários para o negócio, que poderiam ser reinvestidos no crescimento da organização.

Garanta o sucesso do seu negócio

É claro que todos benefícios anteriormente explicados só poderiam levar a empresa para esse caminho. Com uma boa gestão financeira é possível encaminhar a empresa para um rumo saudável, longe das dívidas desnecessárias ou dos problemas tributários. Esse é o segredo para a sustentabilidade empresarial, e o que pode colocá-lo entre as empresas de sucesso.

Portanto, se você planeja que a sua empresa seja uma referência na sua área de atuação, comece pelo planejamento financeiro agora mesmo!

Agora você ficou convencido de que a gestão financeira é fundamental? Então confira este post com dicas de 7 livros indispensáveis quando o assunto é gestão financeira!