Blog

The best content on costs and profitability

Método ágil: entenda o que é e como aplicar na sua empresa

Método ágil: entenda o que é e como aplicar na sua empresa

Para que uma empresa consiga entregar sempre o melhor produto ou serviço, é fundamental que seus gestores mantenham os processos internos bem organizados. Essa missão fica bem mais simples ao utilizar softwares de gestão. Contudo, é importante conhecer outras técnicas que possam ser úteis, como o método ágil.

Existem várias metodologias que podem ser utilizadas para melhorar os processos de uma empresa. Porém, antes de explicá-las, é necessário entender o que significa método ágil. Pensando nisso, fizemos este post. Nele, entenda o que é esse conceito e como ele pode ser aplicado no seu negócio!

O que é o método ágil?

Esse termo surgiu nos Estados Unidos em 2001, como uma iniciativa de 17 programadores para organizar os processos de criação de softwares em quatro princípios:

  • indivíduos e interações acima de processos e ferramentas;
  • software funcionando acima de documentação abrangente;
  • colaboração com o consumidor/cliente acima de negociação de contratos;
  • responder às transformações/mudanças mais do que seguir um plano.

De modo resumido, podemos entender o que método ágil prioriza o resultado, muito mais do que as teorias que baseiam o processo. Ele pode ser utilizado para ajudar, por exemplo, aquelas empresas que poderiam ganhar eficiência modernizando os seus trabalhos, mas evitam as modificações por receio de que algo dê errado.

Como aplicá-lo na sua empresa?

O primeiro passo é modernizar a administração dos dados por meio de softwares de gestão. Assim, a empresa tem acesso a informações mais confiáveis, capazes de gerar relatórios certeiros na tomada de decisões.

Em seguida, é necessário escolher uma metodologia dentre as várias existentes. A seguir, vamos conhecer algumas delas.

Método Scrum

Trata-se de uma metodologia muito utilizada no mercado de softwares. Nesse sistema, existe a priorização da visibilidade das tarefas, de modo que todos os participantes de um time consigam entender o que está sendo feito. Além disso, é possível organizar as atividades entre o que precisa ser feito, o que está sendo feito e o que já foi concluído.

Esse método tem uma etapa bastante curiosa, chamada “time box”. Nela, é definido um período para que o time faça algo que tenha valor para o cliente. Trata-se de pensar diretamente nas necessidades do consumidor final.

Método Kanban

Mais conhecida entre os gestores, a metodologia do Kanban também pode ser usada no método ágil. Nela, para uma etapa avançar, é necessário que outra tenha sido concluída. Essa técnica revolucionou as fábricas de automóveis, sendo atualmente aplicada até mesmo de forma individual.

A evolução contínua das atividades, monitoradas e informadas aos membros do time, é o que marca o momento de fazer as coisas. Por exemplo: o time de vendas não entra em contato com o cliente, enquanto a equipe de marketing não entregar os leads.

Como vimos, o método ágil pode focar tanto na solução de problemas internos, como na necessidade de inovação. Em ambos os casos, é importante que a empresa tenha controle sobre os seus dados, uma vez que eles a guiarão na escolha dos métodos corretos.

Se você gostou deste texto e quer ampliar seus conhecimentos relacionados ao tema, aproveite para ler nosso artigo sobre a gestão de performance corporativa!