Para criar um planejamento de negócio viável é fundamental definir metas da maneira mais correta possível.

Elas servem como uma bússola para os colaboradores da empresa, permitindo que todos caminhem alinhados rumo aos objetivos estabelecidos.

As metas contribuem diretamente para que uma companhia possa manter a competitividade no mercado, realizar previsões de maior qualidade sobre os possíveis cenários e otimizar seus resultados.

Por isso, é importante desenvolver metas inteligentes e estratégicas. Para tanto, existe a metodologia SMART, uma ferramenta que auxilia os gestores a considerar as variáveis necessárias.

Neste post, apresentamos o que é a metodologia SMART, e como você pode usá-la para potencializar o desempenho do seu negócio. Boa leitura!

O que é a metodologia SMART?

É uma simples ferramenta usada para criar metas, por meio da qual é possível verificar se cada uma delas leva em consideração 5 (cinco) características principais:

  • S – Specific (Específica)
  • M – Measurable (Mensurável)
  • A – Achievable (Alcançável)
  • R – Relevant (Relevante)
  • T – Time Based (Temporal)

Cada uma dessas palavras — que forma o acrônimo SMART — representa uma etapa da metodologia e todas são essenciais para o sucesso da estratégia.

Específica

A primeira característica de uma meta é a especificidade. Ela deve ser bastante clara e objetiva, de modo que todos os colaboradores consigam entender, desde o mais simples operário até a alta diretoria.

Dessa forma, evitam-se interpretações incorretas sobre a meta. Por isso, é preciso que ela responda questões como: o que, como, onde deve ser feito e quem deve fazer.

Mensurável

A segunda característica da metodologia SMART é a mensurabilidade. Isso significa que toda meta deve possuir um indicador (valores, percentuais, etc…) pelo qual será verificada a sua evolução.

Uma meta mensurável é a única maneira de se comprovar e garantir o desempenho do trabalho realizado, além de poder ser acompanhada de forma mais fácil e gerar relatórios mais eficientes.

Alcançável

A terceira característica determina que toda meta deve ser alcançável pela equipe de trabalho, caso contrário, é bastante provável que ela se sinta desmotivada em buscar os resultados desejados pela organização.

Um grande erro na definição de metas é a incompatibilidade com as possibilidades reais. Para definir uma meta alcançável, é imprescindível que ela seja factível e desenvolvida com base no histórico da empresa.

Relevante

Toda meta deve estar de acordo com o planejamento estratégico da empresa, ou seja, deve ser realmente relevante para o desenvolvimento e crescimento do negócio, bem como para o alcance dos seus objetivos.

Uma meta relevante é aquela que, de maneira perceptível, impactará diretamente o negócio, motivando a equipe a alcançá-la.

Desse modo, é importante criar metas desafiadoras para a equipe de trabalho.

Temporal

A última característica da metodologia SMART está relacionada ao tempo. Isso significa que toda meta precisa ter um prazo determinado para ser alcançada.

É vital entender que uma meta sem prazo jamais será finalizada. O ideal é que elas sejam breves — quinzenais ou mensais — para que não caiam no esquecimento ou sejam postergadas.

A metodologia SMART é uma ferramenta que vem auxiliando muitos gestores a alcançarem resultados surpreendentes em empresas dos mais variados ramos de atuação.