Blog

O melhor conteúdo sobre custos e lucratividade

O que são empresas exponenciais? Entenda mais sobre esse conceito

O que são empresas exponenciais? Entenda mais sobre esse conceito

Em 2014, os escritores Ismail, Yuri van Geest e Michael S. Malone publicaram um livro que introduziu o termo “Organizações Exponenciais”. Essa expressão se refere ao grande impacto que determinado perfil de empreendimento causa no mercado em que atua. As empresas exponenciais são capazes de gerar resultados desproporcionalmente maiores, quando comparadas aos negócios tradicionais.

Em geral, a velocidade de crescimento dessas organizações chega a ser dez vezes mais acelerada do que a de suas concorrentes. Tudo isso é possível pelo fato de esses modelos de negócio utilizarem de forma estratégica e eficiente as inovações tecnológicas baseadas na demanda e necessidade do mercado. Interessou-se pelo tema? Neste artigo, falaremos sobre as principais informações sobre as empresas exponenciais. Então, continue a leitura e acompanhe até o final!

Quais são os impactos que essas empresas trazem para os negócios atuais?

As empresas exponenciais têm impactado de forma significativa o mercado de serviços. Elas são mais eficientes, rápidas e apresentam menor custo operacional. Sob a perspectiva de Salim Ismail, é possível analisar essa forma de negócio em 4 Ds:

Por que as organizações exponenciais têm um crescimento acelerado?

O principal fator que contribui para o crescimento acelerado das organizações exponenciais é a habilidade de planejar um serviço de total relevância para o público consumidor, tendo a tecnologia como aliada na estruturação e no desenvolvimento do negócio. Com isso, empresas como a Netflix e a Uber conseguiram obter uma grande evolução de sua marca por meio de novas formas de oferecer serviços comuns, tendo como bases a agilidade, a acessibilidade e o baixo custo.

Como uma organização exponencial diverge-se das empresas tradicionais?

A principal característica das organizações tradicionais é que elas operam de forma linear, tendo uma quantidade estável de recursos, enquanto os novos empreendimentos operam como um modelo de negócio escalável. Isso porque trabalham com algo que podem reproduzir repetidamente e em grande escala, obtendo um alto ganho produtivo.

Há, também, outras diferenças relacionadas à forma de produção. Nesse sentido, os modelos mais antigos comumente adotam estratégias pouco eficazes quanto à aceitação do mercado e compõem uma estrutura rígida de produção e fornecimento de serviços. De maneira diferente, as organizações exponenciais procuram atender a determinado tipo de necessidade, criando novas formas de serviço, com o intuito de aumentar a atração do público consumidor.

O que se pode esperar para os próximos anos?

É possível prever um cenário favorável ao domínio dos modelos exponenciais em vários ramos de serviços, como entretenimento, transporte, comunicação social etc. Esse fato, por outro lado, dificultará a permanência de determinados empreendimentos devido à desproporcionalidade competitiva e ao alcance de produção das formas tradicionais. Por isso, para se dar bem, o empresário deve atentar-se às formas atuais de serviços para o seu ramo de negócio, sempre buscando adaptar-se às novas tendências e demandas do público consumidor.

Se você gostou deste artigo sobre empresas exponenciais, achou o assunto interessante e deseja estar por dentro de mais informações sobre o mundo dos negócios? Então siga-nos nas redes sociais!