Nenhuma empresa sobrevive atualmente se não desenvolver relatórios de atividades e planilhas de orçamento, sendo esta última muito importante por envolver diretamente os gastos da organização. Para empresas de pequeno e médio porte, que faturam até R$ 50 milhões por ano, a planilha é ainda mais fundamental, devido ao número de concorrentes e à necessidade de permanentemente cortar custos para alimentar o fluxo de caixa e ter alternativas quando houver necessidade de tomar decisões estratégicas.

Com uma planilha de orçamento bem estruturada, você terá o que todo gestor busca: controle sobre os procedimentos e visão ampla e clara sobre os possíveis gastos desnecessários. No post de hoje, daremos algumas dicas sobre as planilhas de orçamento e como desenvolvê-las para a sua empresa. Confira!

O que uma planilha de orçamento deve conter?

Há duas formas ágeis de montar uma planilha: pelo conhecido programa Excel e pelo Google Planilha (localizado no Google Drive). Essas formas garantirão que as informações sejam organizadas rapidamente e sem dificuldade. Depois, é essencial que ela seja dividida por períodos, meses ou semanas, para que haja uma comparação futura sobre aumento ou queda de gastos e faturamento.

Em seguida, descreva cada gasto no período escolhido (mão de obra, insumos, energia, água, combustível etc.). Com o comparativo dos gastos em mãos, faça uma meta e trabalhe para alcançá-la, ou seja, ao verificar que há um desperdício em determinado período, fica evidente que é necessário saná-lo e conduzir a gestão a criar alternativas que não afetem a produtividade.

Controle

Este é principal motivo para desenvolver uma planilha. Com o controle sobre o orçamento, você saberá conduzir de forma eficiente os custos e, assim, se necessário, ampliar os investimentos, garantindo uma confiável análise financeira.

Agilidade

Um outro benefício de desenvolver uma planilha de orçamento é uma maior agilidade na análise financeira — antes improvável — para dar resposta a possíveis problemas que surgirão. Assim, você saberá ler melhor a situação e responder à altura.

Lembre-se: apesar de parecer clichê, a frase “tempo é dinheiro” é muito séria.

Teoria e prática

Tudo o que foi mencionado nada mais é do que a aplicação do planejamento da empresa. Um planejamento bem executado garantirá sobrevida e até expansão de uma organização, independentemente do momento em que o mercado se encontra.

Qual a sua importância?

Mas, afinal, qual a importância da planilha de orçamento para uma empresa? No início do artigo, foi citada a necessidade permanente de alimentar o fluxo de caixa, que nada mais é do que o óleo que lubrifica toda a máquina empresarial. Ele salvará a empresa em períodos de retração econômica e garantirá que todos os compromissos sejam cumpridos. Com a planilha de orçamento, sua empresa terá um fluxo de caixa sadio e pronto para qualquer situação.

É essencial que a planilha de orçamento seja preenchida por apenas um profissional ou, no máximo, uma equipe pequena, para que as informações estejam sempre fidedignas. Além disso, por ser uma ferramenta estratégica, os gestores com poder de decisão devem estar cientes dessas informações, já que nada acontece sem o sinal verde deles, inclusive mudanças concretas, como corte de custos.

Você sabe quais são os desafios da redução de custos? Então clique aqui e baixe agora mesmo o e-Book “Os 7 maiores desafios da redução de custos eficiente”.