A prevenção à lavagem de dinheiro é um assunto de grande importância. A expressão “lavagem de dinheiro” surgiu nos Estados Unidos, no século passado. Na época, quando uma pessoa queria dar ares de legitimidade a um capital obtido de forma ilegal, ela literalmente o lavava. Com isso, as notas pareciam envelhecidas.

Essa ação ajudava ladrões de banco a se beneficiarem com seus crimes, por exemplo. Contudo, as transações financeiras (assim como os crimes) mudaram muito nos últimos anos.

Portanto, empresas e governos precisam estar atentos às boas práticas para prevenir a lavagem de dinheiro — e todas as consequências negativas geradas à economia mundial. Continue a leitura e descubra como se precaver quanto ao problema.

Saiba como a tecnologia atua na prevenção à lavagem de dinheiro

O cruzamento de dados em diferentes sistemas ajuda as autoridades a perceberem movimentações suspeitas. Todas essas informações são analisadas por softwares programados para a identificação das tentativas de fraude.

Ainda que surja uma maneira diferente de lavar dinheiro, essas plataformas podem ser reprogramadas até passarem a identificar as novas tentativas de fraude. Portanto, é fundamental que as empresas façam uso de softwares de gestão para gerenciar seus dados e armazená-los da forma correta. Esse controle é um aliado imprescindível na prevenção à lavagem de dinheiro.

Tenha um cadastro inteligente dos clientes 

Alguns negócios podem contribuir (sem querer) com a lavagem de dinheiro. Um banco que concede crédito a seus clientes sem o controle adequado sobre o cadastro de cada um deles pode ser usado para essa prática, por exemplo.

Por isso, todos os negócios devem ter um cadastro profissional de seus clientes e avaliar características peculiares, como se eles são Pessoas Politicamente Expostas (PPE). O conceito é chamado de Know your client (KYC) — em português, “conheça seu cliente”.

Adote estratégias específicas para locais de risco

Existem países que tornam os negócios mais vulneráveis aos impactos da lavagem de dinheiro. Caso sua empresa atue nesses mercados, é necessário contar com uma assessoria contábil e jurídica para entender as diferenças entre os ambientes financeiros.

Treine os colaboradores para o combate a malfeitos

A prevenção à lavagem de dinheiro precisa contemplar o treinamento dos profissionais, pois grupos criminosos se beneficiam do desconhecimento dessas pessoas para atuarem. Portanto, as empresas não podem restringir o conhecimento aos gestores ou funcionários diretamente ligados aos setores financeiros.

É importante que todos entendam, ainda que de maneira básica, como contribuir para a identificação dos sinais da lavagem de dinheiro. O setor de compras, por exemplo, pode ser treinado para perceber quando fornecedores atuam de maneira suspeita.

Como vimos, a prevenção à lavagem de dinheiro é uma necessidade mundial. Essa prática criminosa prejudica empresas, sendo capaz de colocar em risco a economia e mercados inteiros, já que suas consequências assustam os investidores.

A tecnologia é uma grande aliada na prevenção à lavagem de dinheiro, pois acelera processos de análise de dados e faz com que os negócios percebam irregularidades rapidamente.

Gostou deste artigo? Então, siga-nos nas redes sociais para acessar nossas dicas — estamos no FacebookLinkedIn e Twitter.