Oferecer um ensino de qualidade aos alunos é o principal objetivo das empresas de educação. A excelência é o grande diferencial que uma escola pode ter em relação a um concorrente direto. Contudo, manter um padrão elevado pode custar caro — e nem sempre a redução de custos na educação é vista com bons olhos.

Por isso, essas empresas precisam encontrar um meio termo. É necessário ganhar eficiência e reduzir gastos, mas sem comprometer a educação dos seus alunos.

Como fazer isso? Neste artigo, nós apontaremos alguns caminhos. Boa leitura!

1. Terceirize tarefas

Uma forma de alcançar a redução de custos na educação é repassando para outras empresas tarefas que não estão diretamente ligadas com a atividade final da escola, como a limpeza, segurança, T.I., alimentação etc.

Isso reduz os custos relacionados à contratação e a folha de pagamento e ainda faz com que o negócio ganhe qualidade, uma vez que essas tarefas serão feitas por empresas especializadas.

2. Economizar recursos

Água e eletricidade devem ser usadas de maneira responsável. Nem sempre os estudantes têm essa consciência, por isso, a direção da escola precisa recorrer a equipamentos modernos, como lâmpadas de LED e torneiras eletrônicas para conseguir evitar o desperdício.

Outros recursos, como os artigos de papelaria também precisam ser controlados. Quando o objetivo é a redução de custos na educação, não se pode subestimar os pequenos valores.

3. Aperfeiçoe o setor de cobrança

Um dos maiores problemas que uma empresa de educação pode enfrentar é a inadimplência, uma vez que ela pode prejudicar o pagamento de fornecedores, dificultando o dia a dia do negócio.

Para evitar que essa situação coloque em risco as atividades da escola, é importante que a empresa faça alterações em seu processo de cobrança. Muitos colégios já estão modernizando os pagamentos, recorrendo ao cartão de crédito, por exemplo.

4. Modernize alguns processos

Já é possível usar a tecnologia para conquistar a redução de custos na educação. Boletins e comunicados podem ser enviados por SMS, e-mail ou por meio de um sistema próprio do colégio. Reuniões podem ser feitas por videoconferência.

Ao modernizar os processos de trabalho, a escola economiza dinheiro e o tempo dos seus profissionais. É claro que muitas pessoas podem ser reticentes com as mudanças, isso é natural, mas, mesmo assim, vale a pena tentar realizá-las.

5. Utilizar um software de gestão de custos

Muitas empresas não conseguem ter bons resultados com o controle de seus gastos porque utilizam ferramentas inadequadas. Existem soluções modernas no mercado, criadas unicamente para monitorar a gestão de custos, criando relatórios precisos que ajudam o negócio a tomar decisões corretas.

Toda essa tecnologia reduz o risco de erros e traz agilidade à tomada de decisões. Não há, portanto, nenhuma razão para que a sua escola continue usando as planilhas do Excel para controlar a contabilidade.

Como vimos, a redução de custos na educação não significa prejuízo à qualidade de ensino, mas a modernização da gestão empresarial.

A MyABCM é referência quando o assunto é o uso da tecnologia na gestão de custos. Se você tiver alguma dúvida ou se quiser entender melhor como o uso de softwares especializados pode ajudar a sua empresa, entre em contato com a nossa equipe!

materiais educativos