Quando pensamos em recursos, é natural que nossa mente pense em dinheiro, matéria-prima ou outros ativos. Contudo, o bem mais importante que temos é o tempo. Por isso, todo empreendedor precisa aprender técnicas de gerenciamento de tempo.

Para que você entenda mais sobre esse tema, recomendamos a leitura atenta deste artigo, pois daremos algumas dicas que poderão ser aplicadas à sua rotina imediatamente. Confira!

Por que é importante gerenciar melhor o tempo?

Quem ocupa cargos de liderança precisa lidar com o alto volume de demandas. Em alguns casos, o profissional sente-se estafado, sem saber o que fazer. Esse tipo de situação gera estresse, o que prejudica a sua saúde física e mental.

Algumas pessoas podem argumentar, dizendo que “trabalham melhor sob pressão”. Contudo, isso não passa de autoengano. É importante lembrar que a falta de gerenciamento de tempo impacta a vida pessoal do empreendedor, fazendo com que ele fique distante das pessoas que mais gosta.

Quais são as melhores técnicas de gerenciamento de tempo?

1. Técnica Pomodoro

Comecemos por uma das técnicas mais populares de gerenciamento de tempo. Sua aplicação é muito simples: durante 25 minutos você se dedicará exclusivamente a uma tarefa. Após esse período, você descansará por cinco minutos, voltando a trabalhar por mais 25.

Depois de trabalhar por 25 minutos por três vezes, o intervalo será maior (10 minutos, por exemplo). Durante os minutos de descanso, evite ficar no mesmo local. Saia e beba um copo da água, converse rapidamente com um colega etc.

Essa técnica mostra como é mais produtivo se dedicar completamente a algo por alguns minutos do que ficar horas tentando ser multitarefa.

2. Técnica Kanban

A técnica Kanban é uma ferramenta visual muito popular no gerenciamento de estoque e melhora de fluxos de trabalho. Contudo, ela pode ser adaptada para a vida pessoal e profissional sem grandes dificuldades.

Nesse caso, você deverá criar três colunas em um quadro. Na primeira coluna estarão as tarefas que devem ser feitas. Na segunda, as tarefas que estão sendo realizadas. Na terceira, aquilo que foi concluído.

Na primeira coluna, você pode classificar as tarefas por prioridade. Outra dica é estabelecer um limite de tarefas para a segunda coluna, como uma tarefa por vez. Assim, uma nova demanda passará para essa coluna apenas quando uma outra for finalizada.

Você pode usar ferramentas digitais como o Trello ou o Asana para criar esses quadros. Existem pessoas que recorrem aos “post its”. Faça como achar melhor.

3. Método GTD

Esse método serve para transformar informações soltas em projetos realizáveis. Isso porque muitas coisas que são ditas aos líderes, ideias que eles têm ou demandas que são solicitadas acabam não sendo realizadas por falta de clareza.

Essa técnica de gerenciamento de tempo consiste em seguir cinco passos. O primeiro deles é capturar todas as informações que chegam até você. Isso pode ser feito usando uma agenda específica, por exemplo.

O segundo passo é esclarecer essas informações. Suponhamos que você tenha capturado a seguinte informação: “funcionário X pediu demissão”. Nesse momento seguinte, você se perguntará quais ações aquela situação demanda.

O terceiro passo é organizar. Continuando o exemplo anterior, você pode organizar uma reunião com esse funcionário para entender os motivos do seu desejo de sair da empresa. Nesse passo você deve fazer o que estiver ao seu alcance ou delegar a tarefa.

O quarto passo é refletir. Ou seja, você definirá datas (ou outras métricas) para poder acompanhar o andamento do projeto. Por exemplo: o funcionário em questão disse que entraria em contato com você em dois dias, mas não entrou. Nesse caso, você pode enviar um e-mail para ele.

O último passo é a ação em si. No nosso exemplo, ela seria o encontro do líder com o profissional cuja saída da empresa ele deseja evitar.

Como vimos, aperfeiçoar o gerenciamento de tempo é fundamental para melhorar a sua performance profissional e a qualidade da sua vida pessoal. Existem diversas técnicas para isso. Neste artigo, mostramos apenas as principais. Faça testes e escolha a que se encaixe melhor com sua personalidade!

Gostou deste artigo? Então, não deixe de seguir nossos perfis no FacebookTwitter, e LinkedIn para conhecer mais sobre gestão estratégica!